Data: 01/03/2021

Wisdom, um albatroz fêmea que já sobreviveu a tsunamis e a vários companheiros, já teve mais de 40 crias e está a ultrapassar os limites para o que se pensava possível em aves.

KAPA’A, HAVAI – Esta ave podia ser qualquer uma entre o milhão de albatrozes-de-laysan que regressam todos os outonos para o Refúgio Nacional de Vida Selvagem do Atol de Midway, um grupo de três pequenas ilhas formadas a partir de recifes de coral no Pacífico Norte. Aqui, 1.600 quilómetros a norte de Honolulu, inúmeras aves marinhas brancas pontilham os campos das ilhas, cada uma sentada em cima de um ovo do tamanho de uma lata de refrigerante. Tanto os machos como as fêmeas exibem os mesmos olhos manchados em tons de carvão e asas castanhas, que podem ter uma envergadura de até dois metros.

Notícia proveniente de fonte externa

A ave mais velha do mundo fez 70 anos

Partilhe esta Notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Créditos da Notícia

Outros Conteúdos