fbpx

Data: 01/11/2021

Papagaio esteve mais de 25 anos à porta de uma barbearia em Cascais, mas este ano foi apreendido por não ter documentos. A comunidade juntou-se para ajudar o dono do animal.

António Regueira, tinha 19 anos quando fez as malas, disse adeus à aldeia que o viu nascer e partiu rumo ao litoral. Para trás deixou a barbearia da família, na Ribeira de São João, e seguiu rumo à Parede, em Cascais, para cumprir serviço militar. 

Aqui na Parede havia um quartel que agora já está desativado. Nós púnhamos as espingardas no quartel e vínhamos para os copos”, recorda António Regueira.

Na tropa cortou cabelos a sargentos e generais e, nos anos 70, decidiu abrir portas ao negócio de uma vida. Criou uma barbearia própria, chegou a trabalhar além-fronteiras e representou Portugal em vários concursos de moda.

Notícia proveniente de fonte externa

Acontece aos Melhores: Francisco, o papagaio de António, foi apreendido por falta de documentos

Partilhe esta Notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Créditos da Notícia

Outros Conteúdos