fbpx

Data: 09/08/2013

“Nos últimos anos, as pessoas passaram a tomar mais consciência do que hão de fazer relativamente a aves feridas ou em cativeiro ilegal”, assume Ricardo Brandão, veterinário do Centro de Ecologia, Recuperação e Vigilância de Animais Selvagens (CERVAS). A libertação número mil, pelo centro, foi assinalada ontem com a libertação de uma águia cobreira, na Covilhã.

Notícia proveniente de fonte externa

Atropelamento de aves é primeira causa de resgate pelo CERVAS

Partilhe esta Notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Créditos da Notícia

Outros Conteúdos