Data: 20/03/2021

Para afugentar as aves dos pomares de amêndoa, os agricultores recorrem a tiros de pólvora seca retirando o sossego às comunidades rurais de manhã cedo até ao início da noite.

Só em Alqueva, a área coberta com amendoais já ultrapassou os 15 mil hectares. E não vai ficar por aqui. Com a floração da amendoeira da família das Rosáceas (Prunus dulcis) em tão grande extensão de terra coberta por esta cultura de frutos secos, tudo fica rosa nos campos do Alentejo. Mas este cenário idílico tem uma banda sonora que está a desesperar os moradores: o ar enche-se de tiros para afugentar as aves. 

Notícia proveniente de fonte externa

Com Primavera, rebenta a “guerra” contra as aves nos amendoais do Alentejo

Partilhe esta Notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Créditos da Notícia

Outros Conteúdos