fbpx
Site logo

Data: 06/07/2012

As abetardas, sisões e peneireiros-das-torres, aves que dependem das estepes cerealíferas do Alentejo, ganharam recentemente 18 hectares de zonas de refúgio, através da compra de terrenos pela Liga para a Protecção da Natureza (LPN) em Castro Verde.

Notícia proveniente de fonte externa

Conservação de aves no Alentejo ganha 18 hectares

Partilhe esta Notícia

Créditos da Notícia

Outros Conteúdos