fbpx

Data: 06/07/2012

As abetardas, sisões e peneireiros-das-torres, aves que dependem das estepes cerealíferas do Alentejo, ganharam recentemente 18 hectares de zonas de refúgio, através da compra de terrenos pela Liga para a Protecção da Natureza (LPN) em Castro Verde.

Notícia proveniente de fonte externa

Conservação de aves no Alentejo ganha 18 hectares

Partilhe esta Notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Créditos da Notícia

Outros Conteúdos