fbpx

Data: 22/01/2019

“As aves foram libertadas no monumento natural das Portas de Ródão, onde existe uma colónia desta espécie (Gyps fulvus), tendo sido marcadas com anilha metálica e marcas alares, que permitirão o seu seguimento”, lê-se no comunicado.

Notícia proveniente de fonte externa

Dois grifos libertados no monumento natural das Portas de Ródão

Partilhe esta Notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Créditos da Notícia

Outros Conteúdos