fbpx

Data: 22/04/2021

Resultados preliminares não confirmam um elevado número de aves que ficaram retidas, mortas ou feridas, nas redes de proteção dos tanques das explorações das aquaculturas.

Ainda, não foi identificada nenhuma ave afetada, com estatuto especial de conservação.

Na sequência da identificação de situações de mortalidade de aves causada pelas redes utilizadas para proteção dos tanques das aquaculturas no Estuário do Rio Mondego, concelho da Figueira da Foz, e tendo em conta que se trata de uma área onde está confirmada a ocorrência de mais de cento e oitenta espécies de aves, o Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas – Direção Regional da Conservação da Natureza e Florestas do Centro (ICNF/DRCNF-C) tem vindo a implementar um programa de monitorização para caraterização e avaliação da afetação de aves, por ferimentos ou morte, causados pelas redes utilizadas para proteção dos tanques das aquaculturas.

Notícia proveniente de fonte externa

ICNF | Programa de Monitorização de Afetação de Aves

Partilhe esta Notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Créditos da Notícia

Outros Conteúdos