fbpx

Data: 16/04/2022

O alegado proprietário foi identificado durante uma fiscalização rodoviária

Um homem de 42 anos foi identificado pela GNR, no concelho de Idanha-a-Nova, por detenção ilegal de espécies exóticas. Em comunicado, o Comando Territorial de Castelo Branco dá conta que esta operação teve lugar quarta-feira, dia 13 de abril, levada a cabo por militares do Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) de Idanha-a-Nova e do Posto Territorial da GNR de Zebreira.

Segundo este órgão de polícia criminal, “no âmbito de uma operação de fiscalização rodoviária, os elementos do NPA abordaram um indivíduo e no decorrer das diligências policiais constatou-se que transportava várias aves exóticas, destacando-se seis papagaios-cinzentos da espécie Psittacus Erithacus, os quais não possuíam a respetiva declaração ou registo da Convenção sobre o Comércio Internacional de Espécies da Fauna e da Flora Selvagem Ameaçadas de Extinção (CITES)”. Na sequência desta ação, “foi possível constatar que as restantes aves exóticas não estavam devidamente identificadas através da colocação de anilhas”.

Notícia proveniente de fonte externa

Idanha-a-Nova: GNR apreende 58 aves exóticas sem registo

Partilhe esta Notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Créditos da Notícia

Outros Conteúdos