fbpx

Data: 11/05/2021

A bióloga marinha Miriam Cuesta foi distinguida com uma bolsa Early Career Grant da National Geographic Society, num projeto que vai estudar, durante um ano, o comportamento noturno das crias de cagarros no Faial, nos Açores, foi hoje anunciado.

A investigadora espanhola de 32 anos, residente na Horta, ilha do Faial, desde 2016, “irá filmar com câmaras de vídeo infravermelho as excursões das crias” de cagarros “durante os meses anteriores à saída definitiva dos ninhos”, segundo uma nota de imprensa divulgada hoje pela Universidade dos Açores.

Notícia proveniente de fonte externa

Investigadora residente nos Açores com bolsa da National Geographic

Partilhe esta Notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Créditos da Notícia

Outros Conteúdos