fbpx

Data: 20/09/2019

Nos arredores do lago Constança, fronteira aquática entre a Alemanha, Suíça e Áustria, as populações de pardais se reduziram em 90% desde 1950. No deserto do Mojave (EUA), o Campylorhynchus brunneicapillus é ainda mais raro de ver. E no delta do Okavango, em Botsuana, o número de abutres diminuiu 80% em 20 anos. São três dados de um fenômeno mais global que está alarmando os cientistas: o desaparecimento de bilhões de aves, especialmente das mais comuns.

Notícia proveniente de fonte externa

Metade das aves mais comuns da Europa e da América do Norte desapareceram

Partilhe esta Notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Créditos da Notícia

Outros Conteúdos