fbpx

Data: 01/02/2015

O Parque Natural da Graciosa procedeu à monitorização de 154 ninhos de paínho-da-madeira (Hydrobates castro) e mediu, pesou e anilhou 41 crias desta espécie, também conhecida como angelito ou roque-de-castro, e que, à semelhança dos cagarros, após abandonarem os ninhos, voam para terra em vez de se dirigirem para o mar alto.

Notícia proveniente de fonte externa

Monitorização do paínho-da-madeira

Partilhe esta Notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Créditos da Notícia

Outros Conteúdos