fbpx

Data: 07/09/2021

Na ilha de Linosa, em Itália, os habitantes protegem agora os ovos da carraga-do-atlântico, que antes comiam por tradição.

A pequena ilha de Linosa é uma das ilhas Pelágias, a sul da Itália continental. De origem vulcânica, com escassa vegetação, a vila é muito pitoresca, com as casas pintadas com cores vivas.

Antigamente, os habitantes locais recolhiam ovos de aves marinhas usando uma ferramenta caseira chamada corco: um pau com a ponta de uma colher, dobrada em 90 graus, numa das extremidades. Era esta engenhoca que levantava suavemente a ave do seu ninho para depois tirar o ovo.

Agora o corco tem um propósito diferente: é usado para estudar o tamanho e a saúde das populações de aves marinhas da ilha, conta o Atlas Obscura.

Notícia proveniente de fonte externa

Numa ilha remota, os habitantes protegem os ovos de ave que antes comiam

Partilhe esta Notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Créditos da Notícia

Outros Conteúdos