fbpx

Data: 11/10/2021

Em 16 anos, o morcego de cauda longa é o primeiro mamífero a ser incluído na lista de “ave do ano” do concurso na Nova Zelândia. O tema está a gerar controvérsia.

O concurso de ave do ano da Nova Zelândia está no meio de uma controvérsia, depois de uma espécie de morcego nativo ter sido admitida na lista dos candidatos, conta o The Guardian. O morcego de cauda longa ou pekapeka-tou-roa é o primeiro mamífero incluído no concurso, que tem vindo a ocorrer há 16 anos.

Segundo Laura Keown, porta-voz da organização Forest & Bird, permitir a entrada de morcegos na lista não é uma forma de “reabilitação de relações públicas” após estes mamíferos alados terem sido implicados na criação de uma pandemia global.

Notícia proveniente de fonte externa

“Os morcegos não são pássaros”, mas há um que foi incluído na lista de “ave do ano” na Nova Zelândia

Partilhe esta Notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Créditos da Notícia

Outros Conteúdos