fbpx

Data: 19/11/2021

Embora a humanidade tenha uma relação próxima com os pássaros, que já se estende há milhares de anos, isso pode estar mudando. Um novo estudo liderado por Fiona Burns, bióloga de conservação, mostrou que, desde a década de 1980, um em cada seis pássaros desapareceu da Europa. Isso equivale à perda de mais de 600 milhões de aves individuais somente nos últimos 40 anos, ocorrida principalmente em ambientes relacionados à agricultura e pecuária. E o cenário fica pior: os autores destacam que este processo vem acontecendo silenciosamente.

Graças a um amplo histórico de observações de pássaros, os estudos populacionais destes seres são mais avançados do que aqueles de qualquer outro grupo de animais. Assim, os dados obtidos por ornitólogos amadores, sob a orientação de profissionais, foi de grande ajuda para o estudo, em que os autores trabalharam com 378 das 445 espécies nativas de pássaros que se reproduzem na Europa. Os autores notaram que a população de pardais vem se reduzindo pela metade desde a década de 1980 e, hoje, há 75 milhões a menos deles.

Notícia proveniente de fonte externa

Um em cada seis pássaros desapareceu da Europa nos últimos 40 anos

Partilhe esta Notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Créditos da Notícia

Outros Conteúdos