fbpx

Data: 04/03/2021

A Universidade de Évora (UÉ) desenvolveu um estudo onde se demonstra que que as características das vinhas influenciam o potencial das aves como aliadas no controlo de pragas. Isso mesmo apurou o Ensino Magazine junto da instituição. […]

De acordo com Rui Lourenço, “o cartaxo-comum, a cotovia-comum, a cotovia-escura, a felosa-poliglota, o rouxinol-do-mato, a toutinegra-de-cabela-preta, ou ainda a poupa, as aves insetívoras comuns nas vinhas, são as que apresentam maior potencial de controlo de pragas”.

Na mesma nota, investigador recorda que “estas aves alimentam-se de lagartas, traças, escaravelhos, cigarrinhas e outros invertebrados, combatendo de forma natural as pragas nas vinhas e os resultados agora divulgados permitem aos vitivinicultores definir boas práticas, beneficiando os produtores mas também a biodiversidade”.

Notícia proveniente de fonte externa

Universidade de Évora investiga como as vinhas e as aves podem controlar pragas

Partilhe esta Notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Créditos da Notícia

Outros Conteúdos