fbpx

Data: 14/09/2021

Cientistas descobriram que duas aves migratórias estão a voar muito mais alto do que o esperado. A narceja-real pode atingir os 8.700 metros de altitude.

Todos os outonos, mil milhões de pássaros deixam as suas áreas de reprodução quando a temperatura cai e a comida escasseia para passar o inverno em climas mais favoráveis, retornando na primavera seguinte, quando o clima quente traz comida em abundância.

Estas jornadas épicas podem cobrir milhares de quilómetros, muitas vezes cruzando oceanos e desertos onde os pássaros não podem parar para descansar e comer.

Até agora, pensava-se que as aves migratórias geralmente voam a altitudes abaixo de 2.000 metros, e apenas em casos extremos voavam acima de 4.000 metros. Mas agora, cientistas observaram duas aves migratórias diferentes — uma ave canora e uma pernalta — a voar regularmente a altitudes de 4.000m-6.000m quando prolongam os seus voos noturnos até de dia.

Notícia proveniente de fonte externa

Aves migratórias estão a voar muito mais alto do que o esperado (e podem atingir os -21ºC)

Partilhe esta Notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Créditos da Notícia

Outros Conteúdos