fbpx
Site logo

Data: 16/08/2021

O abutre Lechuga abandonou a sua zona de nascimento em Fevereiro de 2021 e, desde então, tinha estado a explorar novos territórios entre Espanha e Portugal, nomeadamente a província de Salamanca, a Serra de Gredos e a Extremadura espanhola, bem como o Alentejo.

Uma das duas únicas crias de abutre-preto nascidas e marcadas com dispositivos GPS no Parque Natural do Douro Internacional (PNDI) em 2020 regressou, pela primeira vez, ao território onde nasceu.

Notícia proveniente de fonte externa

Lechuga, a cria de abutre-preto nascida no Douro Internacional, voltou ao “ninho”

Partilhe esta Notícia

Créditos da Notícia

Outros Conteúdos