fbpx

Data: 16/08/2021

Chama-se Belém e apesar de não responder pelo nome tem cumprido com sucesso a sua missão de afastar as gaivotas do claustro e dos telhados do Mosteiro dos Jerónimos. A visita é agora mais agradável, sem medo de ataques ou dejetos vindos do ar, e o monumento mantém-se mais bem preservado.

Há dez anos que o lago central do claustro do Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa, não tinha água pois constituía uma tentação para as gaivotas, que ali gostavam de se refrescar. Os telhados e terraços do monumento estavam cheios de dejetos e até de lixo e carcaças de outros animais que estas aves para ali levavam. Mas agora tudo mudou, graças à intervenção de uma águia que tem a missão de ali fazer uns voos e, com a sua presença, espantar as gaivotas e impedi-las de nidificar.

Notícia proveniente de fonte externa

A águia que protege os Jerónimos das gaivotas

Partilhe esta Notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Créditos da Notícia

Outros Conteúdos