fbpx

Data: 02/09/2022

A Palombar, através do projeto Sentinela, que tem por objetivo salvaguardar os grifos ‘Gyps fulvus’, apresentou uma dezena de denúncias à GNR relacinadas com a utilização ilegal de venenos em espécies da avifauna. Os casos estão a ser investigados.

“O projeto Sentinelas tem sido fundamental para as ameaças à avifauna silvestre. Desde o início do projeto em 2019 já fizemos 10 denúncias ao SEPNA-GNR devido à perseguição ilegal e envenenamento de espécies rupícolas como grifo e que estão a ser investigados pelo Ministério Público”, disse o biólogo da Palombar, João Santos.
A informação foi divulgada depois da devolução ao seu habitat de um grifo e de um milhafre-real ‘Milvus milvus’ no Parque Natural do Douro Internacional (PNDI) no concelho de Freixo de Espada à Cinta.  As aves foram recuperados no Centro de Recuperação de Animais Selvagens do Hospital Veterinário da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro.

Notícia proveniente de fonte externa

Projeto Sentinelas apresentou 10 denúncias devido à utilização de venenos contra a avifauna

Partilhe esta Notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Créditos da Notícia

Outros Conteúdos