Site logo

Data: 03/05/2024

Histórico edifício da cidade de Lisboa usa aves de rapina para afastar as gaivotas e evitar que nidifiquem.

As populações de gaivotas têm crescido dentro das cidades. O alimento fácil e a falta de predadores são propícios ao aumento do número de indivíduos. Muitos já falam numa praga.

No entanto, este aumento tem trazido inúmeros problemas, não só às pessoas, mas também ao edificado, que pode ficar danificado com os dejetos destas aves. Nesse sentido, tem sido necessário cada vez um maior controlo destes pássaros.

Notícia proveniente de fonte externa

Aves de rapina patrulham o Mosteiro dos Jerónimos

Partilhe esta Notícia

Créditos da Notícia

Outros Conteúdos