fbpx

Data: 15/02/2021

Riscando os céus dinamarqueses, milhares de estorninhos movem-se no ar como um organismo único, descrevendo um bailado aéreo de “incrível impacto visual”. “É a coisa mais formidável que já vi”, disse ao P3 o autor do fotolivro Black Sun, Soren Solkaer, que dedicou quatro anos ao registo deste fenómeno.

Notícia proveniente de fonte externa

“Sol Negro”: o bailado de milhares de estorninhos pelos céus da Dinamarca

Partilhe esta Notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Créditos da Notícia

Outros Conteúdos